A MOBILIDADE COMO

DRIVER DE INOVAÇÃO

no setor da Saúde

A inovação e a excelência são os focos principais no processo de crescimento da Luz Saúde. A prioridade era aproximar os utentes das unidades de saúde e facilitar a comunicação através do canal mobile. Por isso o desenvolvimento de uma aplicação móvel foi um passo natural, mas muito importante para continuar a garantir a qualidade de atendimento aos utentes e suas famílias. Esta aplicação, por ser especificamente desenvolvida para uma empresa a atuar na área da saúde, exigia tecnologia capaz de garantir tanto o armazenamento dos milhares de dados que as ações permitidas geram, como a segurança dos dados pessoais dos clientes.

Download Gratuito

Principais Benefícios:

  • Reforço do posicionamento da Luz Saúde enquanto empresa que aposta na inovação
  • Redução de esforço administrativo
  • Reforço da ligação entre o utente e o Hospital
  • Redução de custos com as comunicações e infraestrutura de apoio ao cliente
  • Aumento da autonomia do cliente
  • Partilha de artigos sobre vários temas relacionados com a indústria da saúde

Tecnologias em destaque:

Xamarin permite a criação de aplicações multiplataforma para Android, iOS e Windows. Através da utilização de tecnologia Microsoft no desenvolvimento das apps, é possível garantir tudo o que caracteriza uma app nativa: usabilidade, per formance e acesso a todas as API’s dos vários Sistemas Operativos. Permite ainda reduzir o Time-to-Market e o Total Cost of Ownership das soluções.

Todo o backend deste projeto, bem como os mecanismos de integração com os sistemas centrais da Luz Saúde foram implementados com recurso a vários componentes do Azure, a plataforma Cloud da Microsoft para implementação e gestão de aplicações. Além disso, a utilização de Azure permite garantir que a solução está ajustada à carga, em termos de utilizadores, que a solução venha a ter.

Saiba tudo sobre este caso de sucesso da Luz Saúde

Download Gratuito

Ana PaneiroLuz Saúde – A Mobilidade como driver de Inovação | Caso de sucesso